Estado de Emergência deve continuar em Angola

Na última sondagem do Barómetro Covid19 da Marktest Angola, a grande maioria da população em Luanda (72%) considera que o Estado de Emergência deve ser prorrogado.

Sondagem Marktest Angola

Quem tem essa opinião, entende sobretudo que a pandemia pode piorar/é grave/casos a aumentar (referido por 78%). Outra razão, mencionada por mais de um terço da população (64%), refere que com promulgação do estado de emer

...

Todo o conteúdo está apenas disponível para utilizadores registados.