Luandenses avaliam a divulgação da informação acerca da COVID-19

De acordo com os dados da última sondagem da Marktest Angola realizada na província de Luanda, 43% dos entrevistados considerou credíveis ou muito credíveis as informações divulgadas ao longo de 2020 sobre a pandemia.

Os mais céticos relativamente à credibilidade das notícias pertencem aos estratos sociais mais elevados (classes socias A/B) e médios (classe C), com apenas 39% e 37% res

...

Todo o conteúdo está apenas disponível para utilizadores registados.