Compras

Aumenta de novo número de portugueses que consideram um risco elevado frequentar grandes superfícies na reabertura.

Máscaras/produtos de desinfeção, eletrodomésticos/eletrónica de consumo e vestuário/calçado são as categorias que lideram as novas compras online dos portugueses.

As audiências, em PC, de sites de comércio electrónico sofreram relevantes alterações face aos 12 meses anteriores. Confira.

Os dados mais recentes do Barómetro Covid19 da Marktest revelam que os prazos de entrega e o valor dos portessão os aspectos que mais limitam as compras online.

Segundo um estudo da Marktest, aumenta a percentagem de inquiridos que afirmam que irão às grandes superfícies quando reabrirem, mas persiste o sentimento de que a ida constitui um risco elevado.

Segundo o mais recente Barómetro Covid19 da Marktest, 29% dos portugueses assumem que têm feito mais compras online do que faziam anteriormente.

Inquiridos pela Marktest mais confiantes em frequentar Centros Comerciais assim que reabrirem.

Homens passaram a usar mais cartões de crédito ou débito e mulheres privilegiaram mais os cartões contactless, indicam os resultados do Barómetro Covid19 da Marktest.

Gradualmente, os portugueses parecem estar a retomar os seus hábitos de compra anteriores ao confinamento.

Maioria dos inquiridos pela Marktest não pensa ir a Centros Comerciais assim que reabrirem, por considerarem um risco elevado.