Sondagens

Recorrer mais aos serviços online de organismos/instituições/empresas é outro dos comportamentes que um em cada quatro portugueses pensa que se irá manter no futuro.

Utilizar menos o dinheiro para pagamento de compras e passar a utilizar outras formas de pagamento, é mais uma tendência nesta era Covid.

Entre os hábitos ou comportamentos adquiridos no período de pandemia, viajar menos de avião recolhe 9,9% de referências como comportamento que vai ficar por mais tempo.

39,1% dos portugueses admitem que passar mais tempo em casa é um dos comportamentos que vai ficar por mais tempo.

A pandemia provocada pelo Coronavírus tem condicionado, em muito, o dia a dia dos portugueses. As notícias e as actualizações de informação sucedem-se ao minuto, comunicados e decisões vão sendo tomadas e os números não param de aumentar de forma vertiginosa, aqui e por quase todo o mundo. O Barómetro de Opinião COVID-19 da Marktest tem por objectivo ir acompanhando, ao longo das próx

Além da lavagem frequente das mãos, o evitar eventos ou espaços com muita gente é um comportamento visto pela maioria dos portugueses como tendo vindo para ficar.

O mais recente Barómetro Covid19 da Marktest põe em evidência que a lavagem frequente das mãos é um dos comportamentos que veio para ficar.

Índice de Expectativa Económica dos portugueses regista o valor mais elevado das últimas semanas, apesar de se encontrar ainda em terreno negativo. São os dados da mais recente sondagem do Barómetro Covid19 da Marktest.

Um mês após o fim do estado de emergência, 6,3% dos portugueses receiam perder o seu emprego.

Sondagem da Marktest mostra que baixou o número dos portugueses que temem a falência da economia nacional.